quarta-feira, março 07, 2012

Quando os incêndios eram considerados ataques ao país

Após mês de Fevereiro completamente atípico, aliviado há poucos dias por uma chuvinha que mal deu para matar saudades, vimo-nos confrontados precocemente com uma série de incêndios florestais que, legitimamente, nos fazem temer o Verão que aí vem, sobretudo se tivermos em conta que no último mês deflagraram mais incêndios florestais do que em Agosto último!

Foi com esta preocupação em mente que, numa publicação que recentemente me ofereceram, fui encontrar este cartaz:

Trata-se de um cartaz afixado pelos EUA durante a II Guerra Mundial, período no qual a propaganda trabalhou activamente tanto externa quanto internamente, sendo esta última dirigida à mobilização dos cidadãos para a importância da poupança e preservação dos recursos da nação. Entre as recomendações de cozinhar menos comida mas comer tudo, evitar viajar para não ocupar transportes públicos, caminhar mais para poupar combustível e pneus, este cartaz apelava especificamente ao cuidado a ter para evitar incêndios florestais.

A mensagem é simples: "O nosso descuido é a arma secreta deles (nazis e japoneses) - Evitem os incêndios florestais" elevando os recursos florestais a recursos vitais da nação e equiparando a sua destruição a um acto de guerra contra a nação.

À luz disto, dado que actualmente é mais importante estimular a economia do que manter em respeito traineiras tripuladas por marroquinos atrevidotes, não seria importante investir mais em meios e medidas de combate aos incêndios e menos em submarinos e demais equipamento bélico que de pouco ou nada serve o interesse dos cidadãos?


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...