quarta-feira, setembro 02, 2009

Tristes efemérides


II Guerra Mundial

1 de Setembro - Há 70 anos, os nacionalismos irracionais e os delírios de um maníaco levaram o Mundo a um cenário de destruição sem precedentes que terá custado a vida a mais de 70 milhões de pessoas, sendo 40 milhões delas vítimas civis. Quase 6 milhões perderiam a vida graças aos diversos programas de extermínio (esquadrões da morte, campos de extermínio e de concentração,...) , invenções doentia de um Reich que, com aspirações a durar 1.000 anos, desapareceu 6 anos após o início do conflito.




Perante a passividade das "potências" Aliadas, a Alemanha invade e conquista com relativa facilidade a Polónia, a "meias" com a União Soviética, aliado pontual dos nazis que, desde o início, tinham também os soviéticos como alvo. A confiança da URSS na Alemanha custar-lhe-ia cerca de 27 milhões de mortos.

-Aqui havia uma foto que ilustrava a mortandade praticada nos campos de concentração e que a Google mandou retirar-

Apesar das evidências, há quem ainda não acredite nas mortes nos campos de extermínio que vitimaram prisioneiros políticos, comunistas, criminosos comuns, judeus, testemunhas de jeová, homossexuais, entre outros.



A Alemanha seria irónicamente um dos últimos países mártires da Guerra, com cidades como Dresden (na foto), Hamburgo e Berlim a serem transformadas em amontoados de ruínas. Partilhada entre os vencedores, a Alemanha só voltaria a ser reunificada em 1990.



2 de Setembro - Há 64 anos o Japão Imperial vergava-se perante a inevitabilidade da derrota e assinava a sua rendição, pondo termo ao conflito armado. Para abreviar o conflito, os EUA decidiram sacrificar a população civil nipónica, lançando duas bombas atómicas sobre Hiroshima e Nagasaki, respectivamente. Os estrategas estado-unidenses mais escrupulosos sugeriram que se usasse apenas o efeito psicológico da nova arma, avisando previamente os japoneses, já sem capacidade efectiva de resposta, de modo a que estes evacuassem as cidades, poupando assim os civis. Contudo, temendo o fracasso do primeiro lançamento e querendo usar o efeito surpresa, os EUA atacaram sem avisar, causando com apenas duas bombas mais de 200.000 mortos imediatos e muitos outros mais tarde por envenenamento radioactivo.

Um acto irracional fechava assim o conflito mais sangrento de sempre na História da Humanidade.

Fotos:


Massacre de Beslan

-Aqui havia uma foto, que ilustrava um membro das forças especiais transportando uma criança ferida nos braças, que a Google mandou retirar-
 

1 de Setembro - Há 5 anos atrás, um grupo de terroristas tomou de assalto uma escola na Ossétia do Norte, fazendo 1.100 reféns, 777 deles crianças. Ao 3º dia de negociações, em circunstâncias que ainda estão por apurar, uma explosão desencadeou o assalto das forças russas ao edifício. Deste episódio resultaram quase 400 mortos.



Que a memória nunca se apague.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...