sexta-feira, agosto 15, 2014

A Ponte do Ladrão

Junto à aldeia de Lajeosa do Mondego, no concelho de Celorico da Beira, uma interessante ponte em pedra sobre o rio Mondego quase passa despercebida ao lado do nó de ligação da A25 com o antigo IP5. Trata-se da Ponte do Ladrão, nome curioso mas que, ao contrário do que parece indicar e daquilo que acontece ali bem pertinho, não possui qualquer pórtico de portagem.



Diz a tradição local que, junto à ponte, houve em tempos idos uma estalagem que dava guarida aos viajantes e seria com certeza um descanso bem-vindo por parte de quem percorria a estrada. O pior é que o dono dessa estalagem tinha o desagradável hábito de ficar com alguns pertences dos seus hóspedes como recordação. A estalagem já há muito desapareceu mas a ponte continua de pé, embora com as guardas danificadas.



O selo do infortúnio de parar naquela estalagem "colou-se" à ponte e tornou-se um monumento à infelicidade, tanto que havia quem dissesse de quem não tinha sorte na vida que "mais valia atirar-se da Ponte do Ladrão, coitado".


A data de construção da ponte é incerta mas talvez seja do século XVI ou XVII e a matéria-prima necessária foi obtida no local, tendo em conta as marcas visíveis no terreno. Algumas das marcas de canteiro que possui assemelham-se a algumas que existem hoje na muralha de Trancoso.



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...