domingo, novembro 29, 2009

Se utilizar um Macintosh... não fume!

Enquanto por cá os fumadores passivos não são geralmente tidos nem achados quando se trata de levar com o fumo produzido pelos "nossos" fumadores, lá fora a discussão já se encontra em outros patamares. A notícia da semana veio dos EUA onde vários utilizadores Macintosh na Califórnia viram os seus pedidos de reparação de computadores serem recusados, por agentes autorizados da marca, pelo facto de serem fumadores.

Os serviços pretendidos estavam alegadamente abrangidos pela garantia do equipamento mas foram recusados primeiro por agentes autorizados e depois pela própria Apple, de nada valendo os apelos por e-mail enviados directamente à cúpula directiva da própria Apple. A recusa foi fundamentada pelo facto de, tratando-se de computadores de fumadores, os equipamentos colocariam o risco de contacto com substâncias cancerígenas.

Se por um lado parece aqui haver excesso de zelo por parte da Apple, esta medida vem por outro lado chamar a atenção para um aspecto importante que parece ser ignorado pela população em geral: as substâncias cancerígenas libertadas com o fumo do tabaco não se "evaporam" milagrosamente no ar se não forem inaladas mas acumulam-se no ambiente imediato onde são libertadas, seja nos dedos dos fumadores, nas paredes da "sala de fumigação" ou... no computador que estiver a ser persistentemente usado pelo fumador.

A Apple Califórnia é conhecida por ser uma das empresas com códigos de defesa de saúde e do ambiente mais rigorosos no país.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...