terça-feira, março 25, 2008

Saldo da pausa pascal - Part Deux

Moinho de Vento junto à praia da Areosa. Os mais interessantes, por terem sido reconstruídos e estarem em perfeito estado de funcionamento situam-se em Montedor.

Pias Salineiras cujo uso se inicia ainda na Idade do Ferro (aprox. 500 a.C.) e continua até à Idade Média. Estas situam-se na Praia de Fornelos.

Capela de Nossa Senhora do Bom Sucesso, em Montedor e actualmente em ruínas. Não foi possível encontrar a Capela de Nossa Senhora do Sucesso Assim-Assim, nem a de Nossa Senhora do Mau Sucesso, não tão pouco a de Nossa Senhora do Sucesso Inútil, contudo esta já é um exemplar interessantíssimo. Perto dela, num painel rochoso de um quintal, é possível distinguir gravuras rupestres essencialmente cruciformes que, tendo origem pré-histórica, podem ter sido readaptadas já em época cristã.


Exemplar muito particular de um moinho do Séc XIX: o Moinho do Marinheiro, único exemplar de moinho com velas trapezoidais em madeira (faltam as tábuas a colmatar os espaços que se veem) a funcionar em Portugal. A vista que se depara a partir deste local é magnífica.


O mar junto à praia de Fornelos. Ainda nesta praia é possível encontrar gravuras rupestres para além das pias salineiras. Um sítio ao qual voltaremos sem dúvida com mais tempo.

4 comentários:

Paulinha disse...

Paisagens espectaculares!
Só para saberes em Chãs de Tavares - Mangualde existe uma Capela da Senhora do Bom Sucesso e não está em ruinas!!

Ana disse...

Não posso deixar de aproveitar este texto para promover a minha linda terra. :)

Caros leitores deste blog maioritariamente beirão que ainda não conhecem as particularidades e os encantos do Alto Minho, não deixem de visitar esse humilde extremo noroeste de Portugal. Serão concerteza bem acolhidos pela tradicional simpatia minhota! :)

Caetano disse...

Então mas afinal...??? Já chega de beirões pelo Minho, também precisamos deles na Beira :P

Em relação ao Minho, só acho mal fazerem festas como a da queima do Judas e o Sr Judas nem sequer aparecer por causa da chuva... de resto, GRANDE CATEGORIA!!

Caetano disse...

Olá Paulinha!!

É sempre bom ter-te por cá. :) A designação de "Bom Sucesso" acaba por ser frequente mas nem por isso deixa de ser curiosa ;) Um exemplo bem conhecido de uma adjectivação do género é a do Bom Jesus, não vá ele ser confundido com o Mau Jesus, o Jesus Assim-Assim ou com o Jesus-Que-Às-Vezes-Acorda-Com-Os-Pés-De-Fora-E-Ninguém-O-Atura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...