domingo, junho 05, 2011

O discurso de despedida de José Sócrates e a pergunta incómoda de Susana Martins da Rádio Renascença


Sócrates despediu-se da governação com uma clara derrota nas legislativas. Como era previsível, José Sócrates optou por demitir-se da liderança do PS. O seu discurso foi de humildade, a mesma que esteve em défice durante as duas últimas legislaturas, e de resignação, procurando sair com dignidade. O pior foi quando no final do discurso convidou os jornalistas a fazerem perguntas. A dada altura, foi brindado com uma pergunta colocada por Susana Martins da Rádio Renascença:

"Eu gostava de saber se receia que este resultado eleitoral, esta derrota eleitoral abra caminho a novos processos judiciais ou que acelere processos judiciais em curso. (...) Estou-me a referir a novos processos em torno do caso Face Oculta ou Freeport."

O desconforto de Sócrates foi notório e procurou ganhar tempo para saber o que responder, enquanto a jornalista era brindada com uma enorme vaia por parte dos apoiantes do candidato derrotado.


É de louvar a coragem que a jornalista teve para fazer uma pergunta semelhante num ambiente que não tem lidado bem com vozes discordantes, como se viu durante a campanha, e é uma pergunta infelizmente legítima já que em Portugal nos encontramos. No entanto, gostaria muito que este tipo de questões tivesse sido levantado há muito mais tempo (terá sido o medo de repetição do caso Manuela Moura Guedes?) e não agora que o Sócrates está "no tapete".

Seja como for, a pergunta não deixa de ser oportuna. Será que agora os Face Oculta, Freeports, "Manuela Moura Guedes", e outros que tal irão deixar de se arrastar, parecendo não chegar a lado algum?

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...