domingo, julho 06, 2008

Já que se fala de Invasões Francesas...

Há algumas frases que entraram definitivamente no vernáculo popular e que estão conotadas com as Invasões Francesas. As 3 mais comuns são:

Viver à grande e à francesa
Ao chegar a Lisboa, o general Junot instalou-se num palacete da Rua do Alecrim, rodeando-se a si e ao seus oficiais com todo o tipo de luxos. A partir dessa altura, "viver à grande e à francesa" refere-se a quem vive com todos os luxos e mordomias, ao bom estilo de Junot.


Ir para o maneta
A memória mais pertinente da crueldade do general Loison, apelidado de "O Maneta". Participou nas 3 invasões francesas e ficou conhecido pela sua crueldade, facto que lhe valeu ser mais tarde repreendido por Massena. "Ir para o maneta" representa a morte de alguém, tal como seria certa a morte de quem se colocasse à frente do Maneta.

Ficar a ver navios
Outra frase célebre com Junot na sua génese. Conta-se que, ao chegar a Lisboa, Junot já só conseguiu avistar, a partir de São Julião da Barra, a frota que transportava a família real portuguesa para o Brasil, falhando assim nos seus intentos de a aprisionar. Trata-se no entanto de uma lenda sem fundamento pois a família real embarcou a 28 de Novembro, tendo a armada zarpado na manhã de 29. Junot e o seu exército que parecia "um bando de miseráveis (...) ou saltedores acossados pelo Povo e pela Justiça", entraria em Lisboa a 30 de Novembro, antecipando assim em 1 dia a data que lhe tinha sido imposta por Napoleão.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...