segunda-feira, agosto 13, 2007

Por terras dos Francos II

ESPANHA / ANDORRA

Nao foi facil atravessar Espanha pois sucessivamente descobria pontos de interesse que motivavam um desvio ou uma paragem. Desde um centro comercial ENORME perto de Madrid no qual parei para comprar fumados ate a incrivel cidade de Calatayud com as suas ruinas romanas, os seus 3 castelos e bairros arabes, cristaos e judeus diferenciados e a mais alta torre de estilo mudejar da Peninsula.

Sendo assim, por volta das 2 da manha, decidi dormir um pouco antes de entrar em Andorra e parei junto a uma pequena aldeia. Por volta das 4 da manha acordei e deparei com um individuo a observar atentamente os pneus da minha viatura e que desapareceu quando notou que eu tinha acordado e estava a olhar para ele. Decidi por isso mudar de sitio e parei alguns quilometros mais a frente no estacionamento de uma pequena vila onde, ai sim, dormi ate as 7 da manha, altura em que, apos um retemperador (ou nao) cafe local me pus a caminho.

Andorra por seu turno e por aquilo que vi, consiste em hoteis e lojas dispostas ao longo de um vale. A paisagem e sem duvida impressionante pois todo o casario se encontra no fundo de vales limitados pelas altas escarpas dos Pirineus.

Aproveitei para parar para encher o deposito com gasoleo a 0,82 Eur/litro e para adquirir um GPS com mapas dos paises da Europa Ocidental, leitor de MP3 e imagens, a 228 Eur, ou seja, cerca de 100 a 150 Eur mais barato que "ca fora".

Foi mais ou menos nesta altura que fui abordado por uma senhora de alguma idade que me tocou no ombro dizendo "David?!". Olhei com espanto e ao ver que nao a conhecia pensei que estivesse perante uma leitora da revista Hola!. No entanto, tao depressa como me interpelou, pediu desculpa e foi embora.

Atravessei entao o pais e entrei em Franca atravessando o tunel de Envalira.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...