terça-feira, julho 18, 2006

Uma explosão com quase 200 anos


"A terra tremeu e vimos um imenso tornado de fogo e fumo erguer-se no centro da Praça. Foi como a erupção de um vulcão - uma visão que não consigo esquecer após 26 anos. Enormes blocos de pedra precipitaram-se nas nossas trincheiras, matando e ferindo vários dos nossos homens. Canhões de calibre pesado ergueram-se dos muros e precipitaram-se longe destes. Quando o fumo se dissipou, grande parte de Almeida havia desaparecido e o resto era apenas um amontoado de destroços"

Testemunho do Coronel Sprünglin, oficial francês durante o cerco a Almeida em 1810

1 comentário:

Nelly disse...

E depois, cm diz o outro: "Um gajo fica...pá..fogo...assusta-se né? Pfff, é xato...coiso" ! (tentativa d reproduzir o discurso de um banhista durante uma reportagem da SIC numa praia qq após um "ventoral") :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...