sexta-feira, janeiro 24, 2014

Há 30 anos atrás, o Mundo mudou

511px-Macintosh_128k_transparencyComemora-se hoje o lançamento do Macintosh pela Apple, o primeiro computador pessoal com ambiente gráfico monocromático, isto é, “a preto e branco”, e que permitia a interacção do utilizador com o sistema operativo através de um dispositivo apontador, o nosso bem conhecido “rato”. Um dos objectivos deste lançamento era contrariar a predominância da IBM no mercado de computadores pessoais, através do lançamento de um produto inovador.

Este computador tinha um processador de 8Mhz, memória RAM de 128K e não tinha disco rígido mas apenas um leitor de disquetes com 400KB de capacidade. Tinha também um monitor 9 polegadas integrado na caixa.

Como termo de comparação, basta pensar que actualmente o Windows 8, por exemplo, precisa no mínimo de um computador com um processador de 1GHz, 1GB de memória RAM e obviamente um disco rígido, este com um mínimo 20GB de espaço livre. Isto significa que será um computador com um processador cujo desempenho é 128 milhões de vezes superior (numa estimativa grosseira) e contendo 7813 vezes mais de memória RAM que o Macintosh. Em 30 anos, é obra! 

Apple_Macintosh_Desktop
Era exactamente este o aspecto do ambiente de trabalho do Macintosh 128K

A Apple promoveu o lançamento do computador através de um anúncio televisivo que evocava o filme “1984”, baseado no romance “Big Brother” de Orwell. Esse anúncio, que custou 1,5 milhões de dólares, foi realizado por Ridley Scott e estreou-se num dos intervalos do 18º “Super Bowl”, a final do campeonato nacional de futebol americano.



Uma das principais dificuldades de implantação que este computador encontrou foi precisamente a falta de programas adaptados a este novo tipo de ambiente gráfico. Um ano após o lançamento do Macintosh, a Apple lançou o Macintosh Office, um conjunto de programas de produtividade (processador de texto, folha de cálculo,…). 

Para anunciar esse lançamento, a Apple repetiu a estratégia usada no ano anterior, estreando um anúncio num dos intervalos do “Super Bowl”, só que desta vez o resultado seria adverso. Os utilizadores não gostaram de ser comparados a Lemmings, aquelas criaturinhas que as lendas urbanas pintaram como suicidas:



Imagens: Wikipédia

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...