quarta-feira, abril 17, 2013

Já olharam bem para as notas que têm na carteira?


Quando há alguns dias atrás pagava a minha despesa num café, o empregado que me atendeu chamou a minha atenção para o facto de a nota de 5 euros com que eu pretendia pagar ter num dos cantos duas pequenas manchas de tinta cor-de-rosa. -"Olhe que eu acho que esta nota está tintada.", disse-me ele. Embora tenha acabado por aceitar a nota, dado que as manchas era tão pequenas que levantavam muitas dúvidas sobre se realmente estariam tintadas, esta chamada de atenção revelou-se extremamente pertinente. Mas o que são afinal notas tintadas?

Muitas caixas de multibanco estão actualmente equipadas com sistemas de segurança que, em caso de abertura forçada, inutilizam as notas com recurso a tinta, geralmente magenta. As notas tingidas ficam desta forma marcadas e, de acordo com as regras não podem ser aceites como forma de pagamento, dado que serão o produto de um assalto a uma caixa multibanco.



O que se deve fazer perante notas tintadas?

Em primeiro lugar as notas tintadas não podem ser aceites como meio de pagamento. No entanto, caso tenhamos recebido uma nota e não tenhamos reparado que a mesma estava tintada, o passo seguinte será entregá-la a uma instituição bancária, Banco de Portugal ou polícia judiciária, já que estas podem ser pistas que levem à detenção dos assaltantes (A título de exemplo temos o caso de um indivíduo estado-unidense que, depois de ter assaltado uma caixa multibanco, decidiu ir investir o produto do roubo num espectáculo performativo de striptease [ver aqui]). Os bancos poderão depois trocar as notas tintadas por notas válidas, devendo a pessoa que as entregou preencher um formulário com a sua identificação.

E vocês? Já verificaram se têm alguma nota tintada na carteira?


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...