quarta-feira, agosto 31, 2011

Formigas com maionese

formigas

Almuñecar, 3 de Agosto de 2011

As formigas são por norma bichos dedicados ao trabalho mas que não se negam a participar num belo piquenique quando a ocasião se apresenta. Basta que lhes cheire a algo apetitoso para, em menos de um fósforo, aparecerem rapidamente e em força, fazendo-se convidadas. Ao fim e ao cabo lembram o Ranhecas, um ex-colega meu dos tempos de rebeldia no ensino superior, quando lhe cheirava a cerveja. Aparecia e bebia daquilo que estivesse em cima da mesa, deitando os beiços aos nossos copos e baldando-se em seguida ao pagamento da conta.

Voltando às formigas, estas da foto mostram saber bem ao que vêm e mostram ainda ter a sensibilidade necessária para perceber que, piquenique que é piquenique, não é a mesma coisa sem maionese. A formiga é portanto um bicho com um apurado critério gustativo e isso, não só é bonito de se ver, como também é digno de se louvar.

Atenção que essa conclusão nada tem a ver com aquele episódio em que, estando eu a dormir placidamente numa caminha confortável algures pelo Norte do país, acordei algo sobressaltado para me deparar com um grupo de uma dezena de formigas que me estavam a tentar levar para o formigueiro. Essas eram gourmets.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...