sexta-feira, julho 31, 2009

Em jeito de despedida...


Porque hoje é o último dia que estou por aqui durante as próximas 3 semanas, resolvi fazer uma postazinha para me despedir da minha malta do Katano e para partilhar convosco as maravilhas da tecnlogia ao serviço do conhecimento.
Nas minhas pesquisas pela rede de preparação da viagem a Paris, (sim, porque eu sou daquelas pessoas que antes de ir a Badajoz comprar caramelos, faz um elaborado estudo de trajecto, pontos de interesse, melhores caminhos e, até, gráficos comparativos de preços das lojas dos ditos...), tropecei em vários sites com conteúdos fantásticos conselhos fabulosos e fotografias magnificas mas, nenhum me encheu tanto de vontade de conhecer como este que vim partilhar convosco. Imaginem-se no centro da Saint-Chapelle a suspirarem por um minuto em q todos os turistas evaporem no ar para poderem contemplar toda aquela imensidão de cor sozinhos, girarem 360º devagar e apreciar cada detalhe... Impossível não é? Ainda para mais com aquele grupo de Japoneses chatos que não largam as máquinas fotográficas por nada deste mundo... Ora nem tanto, para isso existe o Arounder ( http://www.arounder.com ), sigam para o site, escolham uma das capitais mundiais (sim está lá Lisboa e, curiosamente, Londres não se encontra :p) e depois deixem-se flutar por entre a imensidão. Aconselho vivamente a visita virtual à Sainte-Chapelle em Paris, ao Palácio da Música em Barcelona e à Catedral de Colónia... É certo que, quando voltar, trago fotos e diário de viagem mas, como não sou o Xamané, é melhor verem fotos decentes no arounder e depois conjugarem com o resto. :p

À bientôt... ;)


PS (peço desculpa à Aninhas por ter sobreposto a minha posta à posta de qualidade dela, mas tinha de me despedir dos meus meninos e meninas. :D)

quinta-feira, julho 30, 2009

Felizmente há "Jazz na Praça da Erva"

Enquanto a minha querida Nelly sonha com umas férias animadas de arraial em arraial (especialmente aqueles em que a artista convidada é a Rosinha), aqui por Viana, um dos momentos altos do Verão acontece.


A última semana de Julho é sempre uma altura que recordo com nostalgia durante o resto do ano, pelo bem que faz à alma um toque de jazz numa noite de clima ameno. Gosto de sair à rua e a dado ponto ser guiada pelo som de um piano, de um saxofone ou bateria, à medida que me aproximo da Praça. Lá, o pequeno espaço, um dos mais belos e carismáticos da cidade que empresta o nome ao Festival, parece ser o cenário ideal para a boa música que se ouve. E ouve-se em silêncio, o caloroso silêncio de uma praça cheia de gente emudecida pela contemplação da arte, apenas rompido pelo grito das gaivotas que, vez por outra, a sobrevoam. Como se vê, o "Jazz na Praça da Erva" é um dos meus (muitos) motivos de orgulho na minha linda cidade.


Ontem foi o dia de abertura do cartaz deste ano, e não podia ter começado melhor. Sozinho ao piano, António Pinho Vargas foi protagonista de um momento belíssimo. Apresentou temas do seu último álbum "Solo", entre os quais versões para piano de músicas com mais de 20 anos, que nos são familiares. Pessoalmente, a sonoridade agradou-me muito e enquanto não arranjo cd's fui procurar uns vídeos, entre os quais estes dois, já antiguinhos, que resolvi aqui partilhar com vocês.


Não têm de quê.









quarta-feira, julho 29, 2009

Novo grande êxito de Verão

Porque nesta época do ano começam os bailaricos de Verão, o link abaixo leva-vos a uma animada melodia que certamente soará nas colunas das aldeias por esse Portugal fora...

Som na caixa!!

<

terça-feira, julho 28, 2009

Subitamente... tudo ficou Mao

Nada melhor do que estarmo-nos a preparar para atacar a recta final de um projecto que representa o culminar do esforço de um ano e descobrir subitamente que alguém tentou abrir uma loja chinesa no nosso PC.

Embora a situação tenha sido normalizada, este é o tipo de acontecimento que faz com que as noites fiquem subitamente mais longas...

Com a vossa licença, cá vai o desabafo: Raios partam os hackers chineses!!!

quinta-feira, julho 23, 2009

A humildade foi-se em apenas 46 dias



A humildade durou apenas 46 dias... Ainda assim, acredito que tenha sido estabelecido um novo recorde pessoal. Valeu o esforço Zé! Vai mais uma tentativa?


A Loba do Capitólio

A Loba do Capitólio é uma figura que habitualmente associamos ao universo quase mítico da Roma Antiga e que simboliza a fundação da "Cidade Eterna". Segundo esse mito, uma criação propagandística romana, Rómulo e Remo eram gémeos filhos de Marte e descendentes, pelo lado da mãe, de Eneias o herói descendente de Vénus, que escapara à queda de Tróia (há quem diga que o Brad Pitt teve algo a ver com isso) e haviam sido abandonados para morrerem. Contudo uma loba alimentou-os até serem adoptados por um casal de pastores e, mais tarde, Rómulo acabaria mesmo por fundar a cidade de Roma (matou o irmão no processo mas isto é um pormenor).

Voltando ao conjunto da estátua da loba, esta não é uma composição original. Aquilo que se sabia desde há muito é que a loba seria uma estátua estrusca (povo que predominou na península itálica antes da ascenção de Roma) enquanto os gémeos eram uma adição renascentista do século XV. No entanto parece que afinal a loba nem é etrusca mas sim medieval, de construção algures entre os séculos XIII e XIV (uma diferença insignificante de pouco mais de 1.500 anos portanto).

Quando virem filmes sobre a Roma Antiga e perceberem a presença da Loba do Capitólio, já sabem que estão a assistir a um erro histórico crasso! No entanto, o seu papel de ícone cultural da história de Roma e, implícitamente de Itália, permanece inabalável embora se deva agora situar ao nível do "nosso" Galo de Barcelos.

Obrigado ao Bruno Af. pelas dicas

terça-feira, julho 21, 2009

Há 40 anos eles foram à Lua e nós fizemos um transplante, ora pois!

Depois da referência à efeméride do 40º aniversário da ida de dois homens à Lua, de imediato chegaram à redacção do Katano vários e-mails, plenos de indignação (ao ler alguns, eu próprio não pude deixar de me sentir indignado), protestando contra o facto de não ter feito qualquer referência ao também 40º aniversário de um evento que ocorreu ao mesmo tempo em Coimbra.

Realmente, se os EUA e muita gente no Mundo seguiam atentamente todas as incidências da missão Apollo 11 com o coração nas mãos, à mesma nos Hospitais Universitários de Coimbra o Dr. Linhares Furtado vivia o momento com um rim nas mãos, isto enquanto realizava o primeiro transplante feito em Portugal.

Na altura o transplante foi feito a partir de uma doadora viva e acabou por não correr lá muito bem mas foi sem dúvida marcante para a medicina portuguesa. Contudo, aposto que ainda hoje, 40 anos passados, haja muita gente que não acredita que o Homem já fez transplantes, tal como há pessoas que não acreditam que o Homem foi à Lua e outras que não acreditam em eclipses. Pessoalmente conheço exemplos dos dois últimos casos.

Aqui fica pois a referência e o humilde pedido de desculpas (mais humilde do que se fosse o Sócrates a fazê-lo) e, em jeito de uma pequena homenagem aos cirurgiões que todos os dias vão mudando a vida de muita gente, um tema da autoria dos Amateur Transplants (adequado!) intitulado, "Careless Surgeon", isto é "Cirurgião descuidado".


Já agora, é sempre bom recordar o Hino do Anestesista

Foto: Chafariz

segunda-feira, julho 20, 2009

40 anos


Não interessa se o Neil Armstrong quase se esqueceu da frase que tinha de dizer ao pisar pela primeira vez o solo lunar. Há 40 anos, fez-se história.

Foto: NASA

domingo, julho 19, 2009

Concurso Robô Bombeiro 2009

No passado Sábado decorreu, no Pavilhão de S.Miguel na Guarda, a 7ª edição do concurso nacional de robótica "Robô Bombeiro". Este concurso é organizado pelo Escola Superior de Tecnologia e Gestão do IPG, sendo o seu mentor e dinamizador o Eng. Carlos Carreto.

O objectivo é construir e programar protótipos móveis autónomos que sejam capazes de, numa arena que simula uma casa com várias divisões, localizar e apagar uma vela. O comportamento dos robôs tem de obedecer aos regulamentos, que especificam que, apesar da arena ser conhecida, estes não possam ter o percurso pré-programado, devendo pelo contrário reagir de acordo com o que forem encontrando pelo caminho.

A competição é feita em várias classes: Standard, Sénior e Robôs com Pernas. Existem prémios para cada uma destas classes mas também há prémios especiais para o melhor robô, melhor robô do IPG, e melhor poster.

Para além dos prémios monetários, o grande aliciantes deste concurso é sem dúvida o desafio intelectual que coloca à prova as capacidades dos construtores e programadores destes protótipos.

Para quem quiser iniciar-se nestas lides, pode começar pelo site da Ridgesoft onde poderão encontrar documentação bastante acessível sobre a construção e programação destas máquinas (é programada em Java), para além de adquirir um protótipo base do robô já com um conjunto de sensores suficientes para algumas "brincadeiras". A partir daí, é só uma questão de imaginação e talento e - porque não ?- o início de um projecto de participação no concurso Robô Bombeiro de 2010?



Período de testes dos protótipos. Entre as 3 mangas é sempre possível efectuar modificações ao robô.



O alinhamento das "máquinas"! Parque fechado! Durante a realização das mangas de competição não se podem fazer modificações.


Animação e expectativa permanentes.



A organização a calcular as classificações de acordo com as pontuações dos árbitros



O frenesim dos testes dos protótipos e, lá atrás, dos ajustes de programação



Aspecto do Pavilhão de São Miguel, Guarda



Aquele a já chamam de o "Korolev" da equipa campeoníssima Evo Team. (Fui pago para dizer isto)



Momento em que a vela é acesa e colocada na arena.



O árbitro sempre atento analisa o comportamento do robô e as falhas que este vai tendo no seu percurso (tocar paredes é um factor de penalização, por exemplo).



Aspecto da arena e de um dos protótipos em busca da vela que está colocada no quarto de círculo em primeiro plano.



Um dos protótipos em competição na categoria de robôs com pernas, este montado com Legos.



Momento em que um dos protótipos apaga a vela com recurso a uma ventoinha.



Outro robô com pernas construído com legos e com um curioso sistema de extinção: uma lata de spray accionada com um mecanismo de cordel e uma mini-mangueira.


O Tóne Bot em acção, vencedor do concurso 2007

Comunicado da Junta Directiva do Blog do Katano - Quero aproveitar para pedir desculpa aos leitores pela ausência de "postas" dos últimos tempos mas esse facto deve-se a motivos inadiáveis relacionados com o meu grande projecto de 2009. A partir do final desta semana o blog retomará as actividades normais. Até lá, só mesmo tempo para aprovar os comentários, que agradeço imenso, e aos quais irei respondendo à medida que for possível.

quarta-feira, julho 15, 2009

Jogos da Lusofonia


Os mais atentos terão já percebido que está a decorrer por estes dias em Portugal, uma espécie de evento desportivo chamado "Jogos da Lusofonia". Trata-se no seu conceito de algo semelhante a uns jogos olímpicos onde participam Portugal e uma série de países não europeus onde haja gente a falar português. Falha talvez pela falta de uma participação dos EUA, com uma forte representação de New Jersey, assim como de uma participação da Venezuela.

Por outro lado, em termos competitivos, e tendo em conta que é de Lusofonia que se trata, porque não incluiram no rol de modalidades a sueca e o jogo da malha?

Custa-me perceber a utilidade deste evento. Não será, ao fim e ao cabo, uma forma de Portugal exorcizar as frustrações sucessivas da suas pobres participações nos Jogos Olímpicos, ao participar assim em competições onde a concorrência é fraquíssima? Pelo menos, tendo em conta os autênticos desertos que são as bancadas de estádios e pavilhões durante as várias provas (nos jogos de futebol fico com a impressão que os únicos espectadores na Reboleira são os atletas que ainda estão vinculados ao Estrela da Amadora), não lhe consigo perceber qualquer outra utilidade a não ser a de aumentar os gastos inúteis de dinheiros públicos.

terça-feira, julho 14, 2009

Erro médico?!

De Espanha chega a notícia inacreditável da morte de um bebé prematuro por "terrível erro profissional". De acordo com a história, a criança foi retirada por cesariana após 28 semanas de gestação, pelo facto da mãe estar infectada com o H1N1, o vírus da Gripe A, tendo sido colocada numa incubadora e onde a sua alimentação era assegurada por sonda nasogástrica, isto é, um tubo introduzido no estômago através do nariz.

Aparentemente, alguém da equipa de enfermagem ter-se-á enganado e administrou o leite via intravenosa em vez de o fazer pela sonda nasogástrica, provocando uma contaminação fatal no sangue. O erro foi detectado mas infelizmente era tarde demais para a criança que, apesar das tentativas para limpar o seu sangue, acabou mesmo por morrer.

Como é que é possível cometer-se um erro destes, ainda para mais sendo as situações de suporte de vida de bebés prematuros algo relativamente habitual em maternidades? Por muitas medidas que o hospital agora adopte, e apesar de já ter suspendido a equipa de enfermagem (apurada a responsabilidade, o/a autor/a nunca mais deveria poder trabalhar nesta área!) e ter anunciado que vai assumir a responsabilidade pelo sucedido, como é que se compensa um pai que num mês perde a esposa e um filho?

segunda-feira, julho 13, 2009

Abriu a época oficial dos emigrantes!

Com a chegada do mês de Julho abre oficialmente a época de regresso dos portugueses na Diáspora que, pelo Mundo fora, carregam as "valises" no "automobile" e se fazem à estrada (via autoroute de Burgos, claro!). Depois é a emoção do reencontro com a família, o matar das saudades da aldeia da sua infância, o colocar a conversa em dia, o estacionamento "à grande e à francesa" e as manobras rodoviárias arrojadas dos potentes Mercedes, Audis e BMW. Tudo isso é Verão, tudo isso é ser emigrante!

Como o Blog do Katano é sensível ao fenómeno do regresso dos emigrantes pródigos na Diáspora e como queremos que a viagem corra pelo melhor, a todos dedicamentos com amizade sincera esta bela obra musical, qual verdadeiro hino do emigrante, da autoria do inimitável e genuíno monstro da cena musical portuguesa, Graciano Saga!

E como mais vale perder um minuto na vida, que a vida num minuto, vem devagar emigrante!

sábado, julho 11, 2009

O Lucas


Este é o Lucas, uma andorinha na qual eu ontem ia tropeçando ao voltar a casa, tendo provavelmente caído de um dos muitos ninhos que por ali há. Está num estado bastante frágil mas esperemos que se consiga recompor e completar o tempo que lhe falta para aprender a voar.

Uma razão para aprender Física (actualizado)



...especialmente a Primeira Lei de Newton. O repórter deste vídeo, a trabalhar numa reportagem sobre tratamento de... algo (muito semelhante a uma espécie de vianda), concorda plenamente.

sexta-feira, julho 10, 2009

Concorram e habilitem-se a um funeral de luxo!

A Rádio Santiago, de Guimarães, está a promover um concurso no mínimo... original, cujo prémio é um funeral com tudo pago (acho que a passagem para o além não inclui taxas).

Quem quiser concorrer pode dirigir-se às instalações da rádio para entregar o cupão, previamente recortado dos jornais Comércio de Guimarães e Desportivo de Guimarães e preenchido, e aguardar pelo sorteio que terá lugar a 18 de Dezembro, pelas 21h30. O vencedor terá direito a um certificado de prémio que terá de ser obrigatoriamente utilizado no prazo de 3 meses após o sorteio.

Se entretanto não der jeito falecer dentro desse prazo, seja porque já tem férias ou consultas marcadas ou por outro compromisso qualquer, há sempre a possibilidade de oferecer o funeral a uma pessoa conhecida.

O regulamento do concurso pode ser consultado neste site.



Cartoon do Katano, elaborado no verso de uma folha de rascunho

quinta-feira, julho 09, 2009

Sabias que...

Sabias que um Ultomato são últimas condições que se apresentam antes de dar uma joelhada nos tomates de alguém?
E já agora, sabias que um Sacrilégio é um pecado cometido pelo sacristão de um colégio?

Se respondeste "Não" a ambas as questões, e eventualmente até ficaste chocado(a), então isso significa que ainda não possuis um exemplar do diciOrdinário ilusTarado!

Descobre como podes colmatar esta grave carência pessoal clicando aqui:



Porque "ser ordinário, não significa ser inculto".

quarta-feira, julho 08, 2009

O fantasma de Michael Jackson ou o maléfico poder da luz?

Nas últimas duas semanas, uma grave pandemia tem vindo a afectar de forma preocupante a população mundial, não fazendo distinção entre entre sexos, idades ou raças. Para aqueles que estão por esta altura refugiados na segurança do lar, passando o tempo no sofá em frente ao seu televisor e expulsando de casa qualquer pessoa ao primeiro espirro, urge esclarecer que não estou a falar da Gripe A. Curiosamente, estes parecem ser justamente as principais vítimas da mais recente pandemia.

Falo, obviamente, do estranho fenómeno em que subitamente toda a gente parece ser fã de Cristiano Ronaldo e de Michael Jackson, ou pelo menos nisso nos fazem acreditar os meios de comunicação social. Proteja-se o mais cauteloso dos hipocondríacos, pois este é uma espécie de vírus que se transmite também e principalmente através da televisão!

Não, nem a CNN escapa. Durante o programa de Larry King da passada quinta-feira, uma semana após a morte de Jackson, fazia-se uma reportagem em directo a partir de Neverland, naquilo que parecia ser uma simples visita guiada à mansão. Se no momento o fenómeno passou despercebido aos intervenientes, não deve ter tardado muito até um fã/fanático afirmar ter visto o fantasma do cantor passear-se numa das divisões, sob a forma de uma sombra, e ter colocado as imagens na Internet como prova. Muitos perguntarão: mas porque é que aquele há-de ser o fantasma do Michael Jackson e não o do tio do bisavô paterno do irmão do cunhado do antigo dono da casa? Ora bem, porque este fantasma em particular possui um perfil um pouco corcunda e um rabo-de-cavalo, tal como o cantor! Pelo menos é o que dizem os especialistas… Ora vejam lá… se tiverem coragem…



Incrivelmente, após estas imagens terem sido vistas por milhares de internautas e noticiadas até por um canal britânico - a ITN -, e já depois de a CNN ter dito que não tinha uma explicação para o sucedido, esta estação televisiva dedicou toda uma parte do programa de Larry King de segunda-feira à noite à resolução do mistério, isto horas antes da transmissão em directo para todo o Mundo do circo gerado em torno do funeral de Michael. A explicação é a mais óbvia, e sinceramente foi a única que me surgiu quando pela primeira vez vi o vídeo: aparentemente, alguém do staff do programa se deslocava na outra sala à frente de um foco de luz, criando o enigmático efeito de sombra.




Perante isto, só me ocorre a ideia de que esta súbita pandemia, que tem desviado a atenção mundial de assuntos tão sérios como o que se passa na China e nas Honduras, assenta numa fronteira difícil de estabelecer entre o ser e o fanatismo, por vezes enterrando firmemente os pés no perigoso território da segunda definição.

Informações e vídeos tirados daqui e daqui.

terça-feira, julho 07, 2009

O elogio de Hitler, por Bernie Ecclestone

"Adolf Hitler sabia fazer as coisas e estava em posição de poder que lhe permitia ter tudo feito conforme pretendia., embora em determinado momento possa ter sido influenciado, e daí resultando coisas que não sei se queria fazer. No fim, acabou por perder-se e não foi um bom ditador, pois ou sabia o que sucedia à sua volta e insistiu nessa via, ou transigiu. Seja como for, não se portou como um ditador".

Foram estas a declarações de Bernie Ecclestone, "patrão" da Fórmula 1, ao The Times que provocaram enorme polémica, tendo merecido a condenação de várias partes, inclusive da comunidade judaica, perante o elogio de Hitler, uma das figuras mais sombrias da História da Humanidade, criando ao mesmo tempo o conceito interessante de "bom ditador". Realmente se nos abstivermos do facto de Hitler ser psicopata, maníaco e paranóico, para além de ter tido uma série de recalcamentos traumáticos que moldaram a sua personalidade e de haver suspeitas que tudo isto era agravado por ser fruto de uma relação de consanguinidade, realmente até nem era má pessoa e o genocídio que praticou foi um mero detalhe que em nada belisca a sua figura.

Tendo este discurso em consideração juntamente com os conflitos que colocaram a Fórmula 1 nos últimos tempos em completa ebulição, começo a achar que Ecclestone veria com bons olhos a pacificação deste... desporto(?) com recurso a uma reunião de todos os dissidentes numa garagem bem fechadinha, na qual se colocariam em simultâneo vários bólides em funcionamento para testar as taxas de emissão de CO2.

Contudo, Ecclestone não se ficou por aqui e de Hitler passou a Saddam Hussein:

"Era o único que poderia controlar aquele país. Nós invadimos países sem nada saber a respeito da sua cultura. Há pessoas a morrer à fome em África e nada se faz, mas, em compensação, há intromissão em assuntos que não nos dizem respeito."

Aqui contudo, sou obrigado a dar-lhe razão, na segunda parte da afirmação, pois é bem verdade que o mundo Ocidental, com os EUA à proa, têm mostrado mais preocupação com as causas humanitárias que ocorrem na proximidade de poços de petróleo, do que com aquelas que ocorrem onde não há qualquer tipo de recursos, inclusive alimentos ou água. Ainda assim, fica aqui outro elogio sinistro a uma figura ainda mais sinistra, cuja noção de concórdia passava por actos tão originais como o de gasear o Curdistão iraquiano para ter a certeza que todos concordavam com ele (todos menos os 100.000 a 180.000 curdos que "desapareceram").

Para rematar, Ecclestone elogiou Max Mosley, o presidente da Federação Internacional de Automobilismo, dizendo que este daria um bom primeiro-ministro. Ainda pensei que Max Mosley fosse ficar preocupado com a inclusão do seu nome neste rol de elogios mas depois percebi que, se calhar, há aqui um padrão natural e cronológico (chamem-me paranóico e adepto das teorias de conspiração se quiserem).

Acontece que Max Mosley é membro de uma família com um passado muito peculiar. Basta dizer que o pai dele, Oswald Mosley era líder da União Britânica de Fascistas e tanto ele como a sua esposa tinham uma relação estreita com Hitler. Aliás, o próprio casamento de Oswald Mosley e Diana Mitford aconteceu na Alemanha em casa de Joseph Goebbels, Ministro da Propaganda do Reich, tendo Hitler marcado presença como convidado de honra. As actividades e ligações do casal levaram mesmo à sua prisão em Inglaterra durante a II Guerra Mundial e até 1947.

Por outro lado, Max Mosley viu-se recentemente envolvido num escândalo sexual, ao ser divulgado um vídeo que mostra o Presidente da FIA envolvido em traquinices com um grupo de prostitutas, uma vestidas como guardas e outras vestidas como prisioneiras, simulando abusos num campo de concentração Nazi.

Parece-me que Ecclestone pode pois ser consideração extremista mas, diga-se em abono da verdade, pelo menos mantém a coerência mesmo quando evidencia sinais indisfarçáveis de senilidade. Há no fundo outro alemão a deixá-lo confuso: o Sr Alzheimer.


segunda-feira, julho 06, 2009

Resumo noticioso do dia

Cristiano Ronaldo foi apresentado no Real Madrid.

Entretanto, no resto do Mundo, há quem diga que aconteceram outras coisas.

Foto: Abril.com

Recordando o Super Blog Awards, o concurso mais desorganizado em que este blog participou

Cumpriu-se na passada quarta-feira 1º aniversário de uma data importante para este blog. Então, há um ano atrás, terminava a primeira fase do concurso Super Blog Awards, à qual os leitores e amigos deste blog aderiram de uma forma fantástica, catapultando o Blog do Katano para a segunda fase, a fase da escolha por um júri, que haveria de levar à conquista do prémio para Blog Pessoal do Ano, prémio esse que consistia num cartão-oferta com um saldo de 500 Euros.

Contudo, assim que terminou o concurso, estávamos longe de imaginar que teria início uma verdadeira odisseia para receber o prémio...

Assim, mal foi divulgada a lista de vencedores, divulgação essa que chegou a causar grande polémica, a Super Bock enviou um e-mail anunciando o facto e prometendo mais novidades sobre o prémio para breve. Chegou horas mais tarde um e-mail contendo as instruções para a colocação do dístico que ainda se encontra ao lado mas informações sobre o prémio nunca chegaram a ser enviadas.

Esta situação arrastou-se até que, já em plena quadra natalícia e nunca mais tendo tido notícias da Super Bock, enviei um e-mail perguntando se o prémio chegaria antes do Natal, e-mail esse que não teve resposta. Insisti já em Janeiro e aí obtive finalmente sinal de vida (eu que já estava pronto a ligar para o 112 para enviarem uma ambulância e também muito desodorizante para as instalações da Unicer). Na resposta ao meu e-mail, procuraram tranquilizar-me dizendo-me que não seria possível entrega o prémio antes do final do ano (aí assustei-me pois ainda só estávamos no 5º dia de 2009 mas depois deduzi que fosse erro) e que em breve entrariam em contacto comigo.

O tempo passou e, um mês depois, continuando sem notícias, fui informado pelo Visconde que o seu prémio já havia chegado. Aguardei alguns dias e como não apareceu na caixa de correio, contactei os restantes vencedores que me confirmaram que já tinham também recebido o seu prémio. Aí pensei "Tu queres ver que, derivado das minhas perguntas incómodas, eles resolveram fazer birra?" e daí, entrei em contacto com a Super Bock a 11 de Fevereiro, perguntado se havia algum motivo para o atraso na entrega do meu prémio. Na resposta, que pela primeira vez foi dada em apenas cerca de 3h e sem necessidade de repetir e-mails, recebi um e-mail extremamente lacónico:

Boa tarde,

Tal como poderá verificar na informação fornecida pelos CTT:

<Aqui inseriram um printscreen das informações do registo da carta obtida no site dos CTT>

O seu prémio foi enviado e não foi entregue na morada indicada, por esta se encontrar encerrada.

Logo, teria de ter sido levantada nos CTT.

Em principio ficará na estação de correios mais próxima durante 5 dias úteis, ou seja até à próxima sexta-feira.

Deverá, por isso, dirigir-se à estação de correios mais próxima da morada indicada e indicar o númeor (sic) de registo da encomenda:

<Aqui inseriram o número de encomenda>

Caso não seja levantado, o prémio será devolvido.

Cumprimentos Autênticos,

Marketing Super Bock


Se fiquei surpreendido pela rapidez de resposta e pela confirmação de envio da encomenda, mais surpreendido fiquei ao verificar que a encomenda se encontrava numa estação dos CTT de... Viana do Castelo, um pouco longe da estação de CTT da Avenida da Liberdade no Fundão, local onde eu esperaria poder levantar essa mesma encomenda.

Claro que a minha primeira preocupação foi dirigir-me ao site da Super Bock para confirmar os dados relativos à morada no meu registo e lá, tal como eu havia introduzido, a morada estava correcta. Enviei pois um e-mail aos Incompetentes Autênticos da Super Bock, com um screenshot do meu registo e perguntado, já que a morada constante do meu registo era do Fundão, porque carga de água o prémio havia sido expedido para Viana do Castelo. Este e-mail foi enviado ainda em 11 de Fevereiro e ainda hoje aguarda resposta...

Valeu-me no entanto a disponibilidade e enorme gentileza do Sr Fernando Rocha, chefe de estação dos CTT de Viana do Castelo, com o qual pude conversar via telefónica, que compreendeu a situação e moveu as diligências necessárias para que o prémio pudesse ser levantado sem mais problemas pela Ana, isto após um envio do postal de encomenda que teve de ser assinado por mim e reenviado por correio e que entretanto, em Correio Azul, demorou 3 dias a chegar ao destino. Deixo contudo uma palavra de apreço ao Sr. Rocha, um verdadeiro exemplo de Profissionalismo Autêntico com o qual algumas pessoas poderiam aprender!

O prémio finalmente acabou por chegar às minhas mãos, a 26 de Fevereiro, e reservava ainda uma outra surpresa. Ao abrir o envelope, pude encontrar o dito cartão-presente com o saldo de 500 Euros e uma carta de parabenização no mínimo... enfim... palavras para quê?

Vale a pena clicar para ampliar

Ao ler a carta, não pude deixar de me rir e de recordar uma frase da descrição dos Super Blog Awards:

Os Super Bock Super Blog Awards são uma homenagem a ti e a todos quantos, diariamente, celebram a língua portuguesa em total liberdade de expressão e ajudam a criar uma nova Internet, a Web 2.0.



Nota do Katano: Este artigo já estava para ser publicado desde Fevereiro mas, por um motivo ou outro, nunca o chegou efectivamente a ser. Ainda assim, numa altura em que se cumpre o primeiro aniversário de uma data relevante de um concurso que prometeu ser anual e terminou na sua primeira edição, achei que o episódio em si consegue ser intemporal e cómico. Não é que eu seja mal agradecido, pelo contrário, pois a Super Bock ajudou a divulgar o Blog do Katano e fez com que conquistasse o título de Blog Pessoal do Ano mas, ainda assim, penso que os "bloguistas" do concurso mereciam mais respeito. Quanto ao prémio, já foi gasto e bem gasto!

Cumprimentos Autênticos do Katano

sexta-feira, julho 03, 2009

Manuel Pinho, ou o homem que acha que a Assembleia da República é o Campo Pequeno

E lá ficámos nós sem Ministro da Economia! Não creio que tal facto seja necessariamente mau pois, ter ministro ou não ter, acaba por ser rigorosamente igual dado actual estado de desgoverno da Economia Nacional. Até acho que, sem ministro, haveria maior probabilidade de retoma do que com ministro, mas esta é apenas a minha opinião.

O insólito é contudo o motivo que levou à demissão de Manuel Pinho. Durante a sessão parlamentar de ontem, numa das fases mais acaloradas do debate onde, para variar, o Governo foi novamente alvo de um ataque cerrado e sem tréguas, Manuel Pinho "pegou-se" com o deputado e líder parlamentar do PCP, Bernardino Soares, e reagiu mal. Não sabemos ao certo o teor das palavras do Sr ex-Ministro da Economia mas acreditamos que terá sido algo como "As tuas palavras são tão patetas que nem sequer fico preocupado com o que estás para aí a dizer e, só para to provar, logo vou assistir a um espectáculo de tourada no Campo Pequeno".




Manuel Pinho explica a Bernardino Soares a morfologia craniana de um exemplar masculino de gado taurino



Jaime Gama, Presidente da AR mostra o seu lado activista anti-touradas


Bernardino Soares, ainda abalado, declara que, na sua opinião, o Sr Ministro da Economia Manuel Pinho é uma pessoa algo desagradável sem, no entanto, abordar a problemática das touradas



Sócrates mostra a sua humilde convergência de opinião com este blog e declara humildemente que Manuel Pinho já não é ministro da economia. Contudo, logo a seguir borra com grande humildade a pintura ao anunciar que Manuel Pinho já tem substituto. Curiosamente, Sócrates evita também, de forma bastante humilde, abordar a problemática das touradas, numa clara insinuação, embora revestida de humildade, de que essa questão é apenas (mais) uma invenção da Oposição para prejudicar a sua humilde boa imagem.

Quando o Gil Eannes espiava ao serviço dos Nazis

O Gil Eannes, um navio estacionado permanentemente nas docas de Viana do Castelo, é actualmente uma das atracções turísticas da cidade, servindo ao mesmo tempo de espaço museológico, no qual os visitantes podem percorrer várias zonas do navio, e de Pousada da Juventude.

O Gil Eannes actualmente

A história deste navio, apresado pelo Governo Português aos alemães durante a I Guerra Mundial e mais tarde reconvertido nos estaleiros de Viana, está intimamente ligada à antiga frota portuguesa de pesca de bacalhau que sazonalmente se dirigia aos mares da Terra Nova, notabilizando-se pela assistência que prestava enquanto navio hospital, tendo servido também de navio correio, abastecedor de víveres e combustível. Testemunha de fantásticas histórias de coragem, o Gil Eannes também viveu um episódio mais sombrio, que quase mudou o rumo da II Guerra Mundial.


Um espião a bordo

Em 1942, a II Guerra Mundial estava no auge, e o Atlântico era palco de um constante jogo de gato e rato entre os submarinos alemães e os comboios de transporte de abastecimentos e tropas dos EUA para a Europa, de cuja passagem a frota pesqueira portuguesa era testemunha privilegiada.

Foi por esse motivo que em Junho de 1942, o operador de rádio do Gil Eannes, de nome Gastão de Freitas Ferraz, foi abordado no navio por um agente alemão, tendo sido persuadido, provavelmente a troco de dinheiro, para transmitir aos alemães as características e rumo dos comboios de navios dos Aliados que se cruzassem com o Gil Eannes. Essa informação era depois retransmitida aos comandantes dos U-Boat, os submarinos nazis, que tinham por missão interceptar e afundar os navios de abastecimento.


A sala de radiotransmissão do Gil Eannes.

Por esta altura, os Aliados preparavam a Operação Torcha que visava um desembarque no Norte de África. Esta operação foi precedida de um forte trabalho de desinformação através de agentes duplos nazis, que transmitiram à Alemanha indicações que este desembarque teria lugar em algum lugar entre a Noruega e a costa Norte francesa. Em Outubro, um comboio fez-se ao mar, transportando nem mais nem menos o General George Patton no comando das tropas que deveriam ocupar Marrocos.

Seguindo da Terra Nova para Lisboa, o Gil Eannes encontrava-se em rota de intercepção do comboio militar, colocando em risco todas as operações dos Aliados. Contudo, desde Agosto, o comando Aliado tinha já suspeitas de que alguém a bordo do navio "neutral" Gil Eannes estava ao serviço dos alemães, tendo identificado esse agente como sendo Gastão Ferraz.

Perante a iminência do encontro do Gil Eannes com o comboio e havendo já poucas dúvidas acerca das actividades do operador de rádio, os britânicos decidiram abordar o navio, prendendo Gastão Ferraz e colocando um grupo armado a bordo de forma a impedir toda e qualquer comunicação a partir do Gil Eannes.

Quanto a Ferraz, foi levado para Gibraltar tendo sido transferido para Inglaterra, onde foi submetido a interrogatório (que não deverá ter sido nada meigo), tendo acabado por confessar o seu envolvimento com os alemães. Apesar da invasão do Gil Eannes e da prisão de Ferraz ter gerado uma guerra diplomática entre Londres e Lisboa, o operador de rádio só seria libertado após a guerra, tendo sido repatriado.


Links relacionados:
Batalha de La Lys, parte 1 e parte 2

Bibliografia

quinta-feira, julho 02, 2009

No Iraque, o moral das tropas dos EUA está em alta

Pelo menos é o que se deduz das fotografias que me chegaram por e-mail e que partilho com os leitores do Katano para um momento ligeiro de boa disposição.





Já agora, acho que é legítimo supor que, por conter as palavras "Iraque", "EUA" e "tropas", este post será interceptado e analisado pelo sistema Echelon. Aos senhores espiões endereçamos desde já uma calorosa saudação!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...