segunda-feira, agosto 03, 2009

O meu amigo Michael Jackson ou a farsa Uri Geller


No passado fim-de-semana, a televisão brindou-nos com um pseudo-documentário, com o título curioso de "O meu amigo Michael Jackson", no qual a famigerada personagem Uri Geller falava sobre a sua relação com o falecido cantor. Este programa não passou de uma oportunista forma de publicidade para Geller, aproveitando a onda mediática que se seguiu à morte de Jackson, para recuperar um pouco do protagonismo que a ignorância popular lhe conferiu nas décadas de 1970 e 1980.


Quem é afinal Uri Geller? Israelita naturalizado britânico, Uri Geller nasceu em Tel Aviv em 1945 e ficou famoso a partir dos anos 1970 pelos seus alegados poderes sobrenaturais que seriam de natureza telecinética e telepática. Uri ficou aliás famoso por dobrar colheres apenas com "o poder da mente", tendo tido direito a horas infindáveis de tempo de antena na rádio e televisão e tendo também publicado livros (acho que vi um num escaparate há uns tempos atrás) sobre temas tão fascinantes como melhorar a vida usando apenas o magnetismo do corpo humano. Isto apesar de, há mais de 20 anos atrás, ter sido exposto publicamente como fraude por James Randi, membro fundador do CSICOP, associação dedicada à exposição e desmistificação de fraudes de alegado contexto paranormal.

Aliás, James Randi, conseguiu mesmo recriar todos os "feitos" de Geller apenas com simples truques de ilusionismo, até porque ele próprio foi, a dada altura da sua vida, um famoso ilusionista conhecido como o "Incrível Randi". Convém também referir que Randi lançou há já vários anos um desafio no qual se compromete a oferecer 1 milhão de dólares a quem, afirmando possuir poderes paranormais, conseguir superar os testes que James Randi lhe propuser. Este concurso foi inicialmente lançado em 1964 e, até hoje, nunca foi atribuído a ninguém, isto apesar de já terem concorrido mais de 1.000 pessoas (e outros terem afirmado aceitar mas nunca terem aparecido para as provas - ver aqui e aqui).

Voltando a Uri Geller, que se acha a si próprio um verdadeiro fenómeno (se uma mentira for repetida vezes suficientes...), num vídeo visto por mais de 1 milhão de pessoas no Youtube retirado de um programa televisivo israelita, é possível ver os seus poderes em acção quando altera, apenas com a concentração da energia psíquica dos espectadores e convidados, a orientação de uma bússola marítima. Um feito fantástico se ignorarmos que por volta do minuto 1,22 ele retira um objecto da orelha, colocando-o no polegar esquerdo. Quem é que, como eu, acha que se trata de um íman?



No programa televisivo "O meu amigo Michael Jackson", Uri usa de princípio ao fim um tom de voz cuidadosamente brando, transmitindo uma imagem de serenidade própria de um guru. No entanto, para além de vender a imagem de confidente próximo de Michael Jackson (que jeito dá nesta altura!), Geller aproveita ainda a ocasião para publicitar cirurgicamente as suas "capacidades" de entortar colheres, para além de dar a conhecer uma alegada sessão de hipnose a que terá sujeito Michael Jackson, inocentando-o de todas as alegações de pedofilia. Isto apesar de noutras entrevistas, curiosamente, alguns membros do staff do falecido cantor terem sugerido de forma subtil, pelo menos aqueles que não evitaram responder a essas questões, que Michael se terá mesmo envolvido sexualmente com uma criança.

No entanto, para todos aqueles que ficaram interessados nos poderes paranormais de Uri Geller e que gostavam de conseguir dobrar objectos para dar outro aspecto às pratas lá de casa, aqui fica um site que explica por vídeos e instruções em português, como é que isso pode ser feito ao estilo Uri Geller.


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...