terça-feira, março 31, 2009

Ilha de Mayotte decidiu ser integrada na França


Os 186.000 habitantes da ilha de Mayotte, situada no Oceano Índico junto a Moçambique, decidiram em referendo tornar-se um departamento ultramarino de França, com uma margem de 95,5% de votos a favor, passando assim a gozar do mesmo estatuto de qualquer departamento francês, tanto dentro como fora do "Hexágono" (designação que é popularmente dada ao território continental francês).

O facto torna-se ainda mais extraordinário se tivermos em conta que a ilha é habitada por uma maioria de muçulmanos sunitas (95%) e que, entre as condições enunciadas pelo Governo francês para a integração em 2011 estão a obrigatoriedade do fim dos casamentos de crianças, o fim dos tribunais islâmicos e até o fim da poligamia.

Numa ilha com graves tensões sociais e políticas esta integração constitui uma forte esperança da população num futuro mais estável e promissor, apesar da recém independente República Islâmica das vizinhas ilhas Comores já ter vindo a público insinuar que se trata de uma anexação imperialista.

Será que não se poderia fazer um referendo do género em Portugal visando a integração na França ou até no país de nuestros hermanos? Chateia-me quando estou na fronteira e sou confrontado com a ideia de que, ali do outro lado, se vive bem.


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...