quinta-feira, novembro 20, 2008

Alguém quer uma dose de Omoltmuskrooms?

Ali para os lados de Belém, há um simpático restaurante que, com uma hospitalidade inigualável que se percebe apesar do ar grave e altivo dos seus funcionários, serve os mais variados pratos apresentados nas mais variadas línguas.

Trata-se contudo de um restaurante que emprega, na elaboração das suas ementas, uma linguagem que desafia a lógica e cujas origens se situam numa época onde ainda não se falava de Acordo Ortográfico e o inglês, o francês, o alemão e o italiano eram basicamente a mesma língua incompreensível.

Ao consultar esta ementa fui acometido de um misto de nostalgia e apetite súbito. Dei por mim a divagar e a pensar em como seria bom poder estar ali a mirar o Tejo, confortavelmente instalado naquela esplanada, e degustando uma saborosa Omoltmuskrooms, uma untuosa Panade Crevett ou um cremoso Freid Steak Crem, qualquer um deles precedido por uma fresquíssima Tomato Sald... *suspiro*. 

Alguém consegue ler a ementa sem ficar com fome?

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...