quinta-feira, setembro 04, 2008

Vêm aí novas medidas anti-crime


Augusto Cymbron, presidente da ANAREC (Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis), lançou hoje, através da Comunicação Social, um pedido pungente e sentido a todos os assaltantes e aspirantes ao cargo, no sentido de não assaltarem mais gasolineiras uma vez que, alegadamente, estas não terão disponíveis verbas que justifiquem os assaltos. Logo à partida, acho que Augusto Cymbron não estaria em posse de dados suficientes que lhe permitisse ter conhecimento de que o valor do salário mínimo nacional é actualmente de 426,5€.

Por coincidência, esse pedido foi divulgado ao mesmo tempo que o país tinha conhecimento de mais 3 roubos tendo gasolineiras como palco. O primeiro aconteceu na Repsol de Alcochete e o segundo na Galp junto à Ponte da Vasco da Gama. Ora este último acabaria por ser o prenúncio do 3º e mais grave assalto: o aumento dos preços dos combustíveis nos postos da Galp numa altura em que o preço do barril de petróleo atingiu o seu valor mais baixo dos últimos 5 meses. Curiosamente, no primeiro assalto, os perpetradores tiveram de se munir de pedras para consumarem o acto, provavelmente já afectados pelas novas leis de controlo de armas.

Deixando estas inquietantes notícias e voltando ao anúncio feito por Augusto Cymbron, importa salientar que o mesmo aconteceu na sequência de uma reunião tida com o Ministro da Administração Interna, José Magalhães, após a qual foram anunciadas novas medidas de combate a esta vaga de assaltos.

Fica a questão: será que o pedido de Augusto Cymbron é a primeira dessas medidas? Mal posso esperar para ver a aplicação das próximas!

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...