sexta-feira, junho 20, 2008

Notícias do Katano

Continuando a preparação do meu projecto de exposição, passei a manhã nos arquivos do Jornal do Fundão, o melhor semanário regional do país. Quando esperava que o grafismo e a paginação fossem os meus principais obstáculos, no que à leitura diz respeito, descobri que o mais difícil vai ser filtrar as notícias rocambolescas que vou descobrindo à medida que vou virando os meses feitos de páginas envelhecidas.

Eis aqui uma pérola:

Caixão cai na loja da casa

"No dia 17 do corrente mês faleceu em Sobral de Casegas a Sra M.J.A., de 75 anos, viúva de J.J.S.. Na manhã do dia seguinte numerosas pessoas velavam o cadáver, quando de súbito o soalho do 1º andar abateu precipitando-se na loja da casa o caixão com o cadáver e várias das pessoas que ali se encontravam.

Como é natural, estabeleceu-se grande pânico, mas o desastre não teve, felizmente, as consequências graves que a princípio se chegaram a supôr. Com gravidade ficou somente ferido o Sr. J.S., de 75 anos. Sofreram ainda ferimentos as Sras M.G. e M.R. e o Sr. J.P. O Sacristão com a cruz também caíu para a loja"

Notícia de 1966

A prova que, na década de 60, velar mortos era uma actividade de risco. De salientar ainda a coragem do sacristão que, bravamente, se recusou a largar a cruz quando desceu ao rés-do-chão justificando-se em pleno o destaque a este binómio.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...