domingo, maio 18, 2008

A iluminação segundo Sócrates

Segundo Sua Excelência o Primeiro-Ministro, Sr Eng José Sócrates, um fumador que seja apanhado a prevaricar, isto é, a empestar a atmosfera comum com o produto do seu vício em local devidamente proibido por lei como tal, incorrendo em contra-ordenação passível de coima, não terá de pagar a referida coima se pedir desculpa e deixar de fumar no próprio momento.

Sendo assim, e seguindo o exemplo do nosso iluminado executivo, será que eu não me poderia esquecer de pagar o meu IRS? A seguir, juro que pediria desculpa e prometeria nunca mais voltar a pagar...

1 comentário:

São Rosas disse...

Bem visto! O último a pedir desculpa é homossexual!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...