terça-feira, agosto 30, 2005

Hasta la victoria, siempre!

Hoje decidi ir cortar o excesso de pilosidade que trazia do maxilar ao crânio. Fi-lo sobretudo para evitar que um qualquer sujeito com sotaque hispânico tivesse a tentação de me abraçar dizendo, quiçá de lágrima no canto do olho, "Che! Afinal não morreste!".

3 comentários:

Catarina disse...

oh caetano isso tudo só por EU me ter emaranhado toda qdo ia pra te cumprimentar? deixa lá isso...eu ando sempre c um caninete suiço na carteira, akilo é mto asadinho..oh se é! LOL :)

Caetano disse...

TU teres-te emaranhado ainda vá... não reparaste com certeza o modo, disfarçadamente propositado, com que eu atirei a barba na tua direcção, assim como quem lança a rede ao peixe para fazer uma boa pescaria... Agora imagina que era o hispânico que ficava lá emaranhado. "Ai meu filho o que é isso que trazes aí agarrado?" - "Oh mãe pois não vês que é um hispânico que se emaranhou na minha barba???"... Estás a ver? Não tinha jeito nenhum!

Bubbles disse...

Afinal Deus existe...!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...